O Bocuse d´Or é o mais importante concurso mundial de chefs, que acontece a cada dois anos na França desde 1983.

01/08/2015 | Fonte: ABAGA

Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.

O evento, que leva o nome do Chef Paul Bocuse, um dos propagadores da nouvelle cuisine e detentor de 3 estrelas Michelin à 47 anos, acontece durante dois dias perto do fim de janeiro, em Lyon, França no SIRHA - Salon mondial Restaurantion & Hôtellerie, uma das feiras voltadas para gastronomia mais importantes do mundo.

Na primeira fase da competição, o candidato é escolhido entre competidores de sua própria nacionalidade.

Logo após o candidato deve competir entre os países de seu continente.

Europa: são escolhidos 12 finalistas do Bocuse d´Or Quality Ruropa, de um grupo de 20 nações.

Ásia: são escolhidos 4 finalistas do Bocuse d´Or Quality Asia, a partir de um total de 12 nações.

América Latina: são escolhidos 3 finalistas do Bocuse d´Or Latin America - Copa América

Azteca de um grupo de 12 nações.

Além destes, três candidatos são selecionados a partir de aplicação nacional, bem como duas seleções "wild card".

Cada equipe é composta po dois chefes: um líder e um chefe assistente que deve estar sob 22 anos de idade no momento da copetição.

A equipe tem 5 horas e 35 minutos para elaborar duas apresentações, um prato de carne e um prato de peixe.

A Competição ocorre em uma arena culinária: cozinhas totalmente equipadas alinhadas lado a lado, de frente para a área júri, membros da imprensa e do público, com número de espectadores limitado a mil pessoas.

O Júri

O júri é composto por 24 chefs renomados.

Suas avaliações tem como base o nível de perfeição na apresentação, em termos de habilidade técnica, sofisticação culinária, criatividade e beleza visual. O júri é dividido em dois grupos de 12, metade para julgar cada prato: o prato de peixe ou carne.

A qualidade dos alimentos está determinado de dois terços da pontuação, 40 pontos e apresentação 20 pontos.

No caso de empate, outros 20 pontos serão concedidos com base em fatores como organização, trabalho em equipe, limpeza e resíduos de falta.

O júri normalmente incluiu os juízes como Heston Blumenthal, Ferran Adrià, Wolfgang Puck, Evyind HellstrØm, Thomas Keller e os vencedores do passado, como Fabrice Desvignes, Mathias Dahlgren e Linster Lea.

Premiação

O líder com a maior pontuação geral é premiado com o troféu Bocuse d´Or, uma efígie de ouro do chef Paul Bocuse e recebe o prêmio de € 20.000. O medalhista de prata Bocuse recebe € 15.000, e a medalha de bronze recebe € 10.000. Prêmios adicionais são concedidos para os melhores pratos de peixe e carne, o melhor da culinária identidade nacional, o melhor aprendiz e melhores cartazes.