The Little Prince Complex 1

11/10/2015 | Fonte: Gazeta do Povo

Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.

Bateu em US$ 1,275 milhão o valor arrecadado pelo Complexo Pequeno Príncipe com o jantar realizado no dia 1º de outubro em Nova York. O evento fez parte do programa Gala Gols Pela Vida do hospital infantil curitibano e aconteceu pela segunda vez na cidade. O jantar, no suntuoso salão do Gotham Hall, reuniu 360 convidados da embaixadora do Gols Pela Vida, a curitibana Daniele Giacomazzi Behring, e das honory chairs Amália Spinardi Thompson Motta e Belinda Badcock Brito.

O dinheiro será aplicado no Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe para complementar a implantação de um Laboratório Genômico e Biobanco.

The Little Prince Complex 2

Mais uma vez o Pequeno Príncipe levou para NY alguns dos melhores chefs do mundo, liderados por Claude Troisgros, padrinho do projeto: os franceses Jérôme Bocuse, Daniel Boulud, Christo­phe Muller e François Payard e os brasileiros Roberta Sudbrack e Thomas Troisgros (filho de Claude). Um leilão também movimentou o jantar com itens como uma camisa oficial da seleção brasileira do jogo Brasil x Argentina, realizado em 2010, no Catar, autografada por Pelé, Neymar e Robinho, entre outros, e um relógio doado pela marca suíça IWC, uma edição especial e limitada em comemoração aos 70 anos da obra O Pequeno Príncipe. Cada item foi arrematado por US$ 21 mil.

A noite incluiu ainda uma apresentação da cantora lírica Carmen Monarcha e homenagens a Pelé, representado por sua filha Kely Cristina Deluca, e ao médico John P. Howe III, que presidiu a ONG Project Hope, nos Estados Unidos.

Ponte Azul

A cidade de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, deverá ganhar em breve uma ponte aérea com Campinas, com três voos semanais. A iniciativa é da Azul Linhas Aéreas, de olho nas grandes empresas da região, como a Klabin e a fábrica da Ambev, entre outras. As tratativas entre a prefeitura e a companhia estão em fase final, segundo garantiu à coluna uma fonte política.

Visão nova na APM

O oftalmologista Aristides de Athayde Neto foi eleito, por unanimidade, para a presidência da Academia Paranaense de Medicina. A posse será em novembro.

Dólar alto, febre idem

As perspectivas da saúde privada no Brasil podem ficar piores que o previsto caso a cotação do dólar se mantenha nos atuais patamares. Abastecido em grande parte por insumos cotados pela moeda americana, dirigentes do setor preveem crescimento dos custos acima dos 20% caso o dólar continue alto, e ainda um déficit nas contas. O diagnóstico é do presidente da Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP), Francisco Balestrin, da qual fazem parte os hospitais Nossa Senhora das Graças, Santa Cruz, Vita Batel, Vita Curitiba, Marcelino Champagnat e Pilar, todos de Curitiba. Balestrin, que é vice-presidente e diretor médico corporativo do Grupo Vita, acaba de ser eleito para presidir a Federação Internacional dos Hospitais, com sede em Bernex, na Suíça.