SIRHA-RIO 2015 - Dîner des Grands Chefs reunirá os 120 maiores chefs do Brasil

10/10/2015 | Fonte: Guia do Profissional de Hotelaria & Restaurantes - GPHR

Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.

O Rio de Janeiro é a primeira cidade fora da França escolhida para receber o Dîner des Grands Chefs. O jantar de prestígio é reservado apenas para chefs do mundo inteiro estrelados do Guia Michelin, na versão francesa. No Brasil, Olivier Ginon, presidente da GL events no mundo; Marie-Odile Fondeur, diretora do Sirha Mundo e Sirha Rio; e Jérôme Bocuse, filho de Paul Bocuse convidam 120 chefs de destaque no país para um jantar no Copacabana Palace no dia 14 de outubro, durante a primeira edição brasileira do Sirha, maior feira de gastronomia e hotelaria do mundo.

Dezesseis jovens chefs foram escolhidos para cozinhar para os chefs convidados, sob o comando de Roland Villard (Le Pré Catelan) e coordenação de Pierre-Olivier Petit (Copacabana Palace). Entre os convidados estão grandes nomes como Claude Troisgros, Emmanuel Bassoleil, Laurent Suaudeau, Paolo Lavezzini, Roberta Sudbrack e Tsuyoshi Murakami.

Cinco regiões brasileiras são representadas no menu, e chefs de cada uma delas criaram juntos receitas inéditas. O tema será “A Cozinha Jovem do Brasil”. O coquetel será preparado por três chefs de Minas Gerais: Rodolfo Mayer (Angatu), Jaime Solares (Borracharia Gastropub) e Rafael Pires (Pacco & Bacco). Eles servirão itens como mil folhas de abobora e queijo Minas artesanal com melado e emulsão de agrião, canapés de Jiló defumado, tomatinho confit e burrata, e crocante de pé de porco, baru e gondó.

A entrada será à base de crustáceos, preparada pelos chefs Manu Buffara (Manu), Ivo Lopes (La Varenne) e Celso Freire (Espaço Celso Freire Gastronomia), todos da Região Sul. Eles servirão vieiras frescas de Santa Catarina seladas em chapa de ferro, servidas sobre gaspacho verde com cachaça e gengibre.

Já o prato principal de peixe virá do Nordeste pelas mãos de Jonatas Moreira (Akuaba), Wanderson Medeiros (W Gourmet), Onildo Rocha (Roccia) e Claudemir Barros (Wiella Bistrô). Juntos, os chefs criaram o camurim da boca da barra em harmonia com favas verdes do sertão nordestino, ensopado de sururu de capote e farofa de caju.

Os cariocas Thomas Troisgros (Grupo Troisgros), Rafael Costa e Silva (Lasai) e Pedro de Artagão (Grupo Irajá) são os responsáveis pela carne. A escolha é a costela de boi com açaí, farofa de feijão e pimento.

Para finalizar, a sobremesa será de São Paulo, preparada por Flavio Federico (Flavio Federico Dolci), Ramiro Bertassin (Hotel JW Marriott), Renata Arassiro (Renata Arassiro Chocolates). Como pré-sobremesa servirão pitanga selvagem com espírito de cachaça. Em seguida, pudim de laranja e caramelo, mousse de chocolate ao perfume de umburana sobre solo de café e gel de Butiá.

Sobre o Dîner des Grands Chefs

O jantar acontece a cada dois anos, em Lyon, como ponto alto do Sirha, maior evento de Hotelaria, Alimentação e Gastronomia do mundo. Durante a noite, grandes chefs de diferentes partes do mundo cozinham para outros chefs, estrelados Michelin, no que é o maior evento de confraternização gastronômica de que se tem notícia.

Na última edição, em janeiro de 2015, o menu da noite foi comandado por ninguém menos do que o chef Daniel Boulud, sob o tema “As Américas”. Canadá, México, Peru e Estados Unidos levaram chefs estrelados Michelin ao evento e representaram a gastronomia do continente americano. O chef Paul Bocuse recebeu homenagem por sua obra imortalizada na gastronomia do século XX.

Alain Ducasse, Georges Blanc, Thomas Keller, Éric Briffard, Yannick Alléno, Serge Vierat, Pierre e Michel Troisgros, entre outros nomes, estiveram presentes no jantar em janeiro de 2015. Gerard Collomb, prefeito de Lyon; Olivier Ginon, presidente da GL events; Marie Odile Fondeur, diretora-geral do Sirha; e Jérôme Bocuse, filho de Paul Bocuse, também estiveram presentes entre os convidados.

Sobre o Sirha

O Sirha é hoje o evento de referência do setor de gastronomia e hotelaria na Europa e no mundo, reunindo a cada dois anos cerca de 189 mil profissionais do setor e 3045 expositores e marcas internacionais na cidade francesa de Lyon. Desde 1983, ano de sua criação em Lyon, o Sirha é dedicado a levar soluções e inspiração, e apresentar e discutir tendências com profissionais de mercado que estão concebendo o futuro dos serviços de alimentação.

Como parte de seu desenvolvimento internacional, após Sirha Genebra, Sirha Budapest, e Sirha Istambul e Sirha México é lançado o Sirha Rio, o primeiro evento do porte a ser realizado no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro. Acontece de 14 a 16 de outubro no Centro de Convenções SulAmérica, com expectativa de 80 expositores e marcas brasileiros e internacionais, e mais de dez mil visitantes.

O grupo GL events, líder mundial no setor de eventos, é o responsável por trazer o Sirha ao Brasil através de seu braço local, a Fagga.

No Brasil, Claude Troisgros foi o nome escolhido como Presidente do Sirha Rio, enquanto Laurent Suaudeau está à frente do concurso Bocuse D’Or e Philippe Brye preside a Coupe du Monde de la Patisserie. Frédéric Loeb, especialista tendências gastronômicas, apresenta o Sirha World Cuisine Summit, painel com as principais previsões para o setor.

Em sua última edição em Lyon, em janeiro de 2015, o Sirha teve a presença de mais de 19 mil chefs, em 130 mil m² de pavilhão, com 3.045 expositores e marcas e mais de 189 mil visitantes profissionais vindos do mundo inteiro.

O Sirha no Rio trará uma oferta completa e inovadora para seduzir os dez mil visitantes profissionais que são esperados: 80 expositores e marcas de produtos e serviços, fornecedores de hotelaria e alimentação, desde produtos alimentícios e bebidas, equipamentos de cozinha, artes da mesa, decoração, produtos regionais brasileiros, e empresas estrangeiras presentes no Brasil pela primeira vez.