Concurso "Talentos do Gelato" e homenagens a Paul Bocuse marcam primeiro dia de Sirha São Paulo

15/03/2018 | Fonte: Terra

Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.

Chefs, estudantes, profissionais e empresários marcaram presença no pavilhão 4 do São Paulo Expo

O primeiro dia da terceira edição do Sirha São Paulo, versão brasileira do maior evento de hotelaria e foodservice do mundo, foi nesta quarta-feira (14 de março). O salão reuniu chefs, profissionais e estudantes do segmento, e empresários.

A solenidade oficial de abertura contou com a participação de Claude Troisgros, presidente do Sirha Rio; Marie-Odile Fondeur, diretora geral do evento; Damien Timperio, Diretor Geral da GL events no Brasil; Vânia Tavares, diretora geral da Fagga; Alexandre Sampaio, presidente da CNC; e Augusto Togni, gerente de agronegócios do Sebrae.

Ao abrir o evento, Vânia destacou os desafios do mercado e as expectativas para a feira: "Chegamos em São Paulo para ficar, crescer e fazer a diferença neste mercado tão competitivo que existe na cidade". Já Marie-Odile Fondeur salientou o aspecto inovador e pioneiro do Sirha e fez uma homenagem a Paul Bocuse, chef francês falecido em janeiro: "O Sirha possui um conceito único e estamos muito felizes por termos trazido tudo isso para o Brasil mais uma vez. Este ano é ainda mais especial, pois aqui nós também estamos homenageando o grande Paul Bocuse. Cada seletiva do Bocuse d'Or traz um pouco de seu legado através de cada um dos participantes do concurso, que aplicam o conhecimento deixado por ele na criação de seus pratos".

Grandes nomes da gastronomia mundial também abrilhantaram a cerimônia. Os chefs franceses Daniel Boulud e Régis Ferey estiveram presentes. Os dois ocupam cadeiras de honra nos júris das etapas brasileiras do Bocuse d'Or e da Coupe du Monde de la Pâtisserie, respectivamente. "Agradeço muito pelo convite para ser presidente de honra do júri de um campeonato tão importante quanto o Bocuse d'Or, que coloca novos talentos da gastronomia no palco para testá-los e incentivá-los em seus trabalhos", discursou Boulud. Já Régis Ferey afirmou sentir-se muito honrado em poder acompanhar o desenvolvimento da confeitaria no Brasil.

Claude Troisgros também agradeceu a presença de todos e disse estar orgulhoso em ser presidente do Sirha São Paulo: "Todos nós acreditamos no potencial do Brasil e por isso fico muito feliz em representar o país", afirmou o chef, que também prestou sua homenagem a Paul Bocuse.

Após a abertura do evento, o Terroir Brasil desta edição foi inaugurado. O espaço é uma iniciativa do Sebrae que trouxe ao Sirha São Paulo mais de 60 pequenos produtores agrícolas brasileiros. Na ocasião, o movimento #EuApoioProdutoArtesanal foi lançado por Augusto Togni, gerente de agronegócios do Sebrae. "O pequeno produtor artesanal tem enfrentado dificuldades com uma legislação baseada na produção em escala industrial. Desejamos mudar essa realidade e, assim, sermos tratados de forma diferente", defendeu Togni.

Na área dos concursos, o primeiro dia do Sirha São Paulo começou animado, com a disputa do torneio Talentos do Gelato, uma exclusividade da versão brasileira do evento. Com coordenação do mestre sorveteiro Frederico Samora, a disputa contou com três tipos de provas em que o gelato foi o ingrediente principal. "A cada edição do concurso, o nível dos candidatos é cada vez mais alto", concluiu o chef Guga Rocha, que é mestre de cerimônias do Sirha no Brasil, diante dos trabalhos apresentados aos jurados.

As quatro duplas de gelatieres prepararam, ao vivo, durante cinco horas, cubas de sorvete e tortas geladas, além de uma entrada inusitada tratando-se de gelato: os finger food salgados. A dupla vencedora da noite foi a de Márcia Garbin e Augusto Melo, que apresentou o finger food de Ostras frescas de Santa Catarina com sorbetto de limão cravo e pimenta biquinho, além da cuba de gelato de batida de maracujá e cachaça orgânica com alga spirulina e a torta Pérola de chocolate branco e cupuaçu sobre areia de castanha do Pará. A dupla Chris Souza e Maria Bodstein faturou o quarto lugar, Flavio Augusto e Mailsom Rita o terceiro, enquanto Camila Valin e Luana Bettanin foram as vice-campeãs.

Outro destaque do primeiro dia de evento foram as palestras e seminários. O Lounge do Conhecimento apresentou o primeiro "Papo de Cozinha", com o jornalista Rafael Tonon falando sobre as tendências de consumo na cadeia de alimentos e bebidas. "A tendência é nos desprendermos de nomenclaturas e rótulos. É o momento de criar novos alimentos e bebidas", explicou Tonon. O espaço também recebeu, no quadro "Painel", dois especialistas para falar de aromas, sabores, origem e indicação geográfica.

Já na programação do Segundo Seminário Senac de Gastronomia Saberes e Sabores - A hotelaria põe mesa, os temas debatidos foram relacionados à inovação em gastronomia.

Website: http://sirha-saopaulo.com/