Sebrae estima R$ 3 milhões em negócios

19/03/2018 | Fonte: Blog do Wagner Gil

Os 63 pequenos produtores rurais que estão expondo no Sirha tiveram a oportunidade de negociar com possíveis compradores durante dois dias. A Rodada de Negócios trouxe a possibilidade desses empresários do campo mostrarem ao mercado produtos diferenciados, certificados de indicação geográfica ou de denominação de origem.

A expectativa do Sebrae na geração de negócios, a partir dos contatos firmados, é de R$ 3 milhões para o próximo ano. “É o momento em que o Sebrae pode colocar o ofertante em contato com todo o Brasil, são produtores com características muito regionais e a Rodada otimiza a negociação e prospecta vários negócios”, explicou a especialista em mercado Anny Santos.

Para quem compra, a oportunidade também vai muito além da realização do negócios, “é o momento em que podemos entender a história deste produtor, como a mercadoria é produzida, pois hoje em dia não vendemos apenas o produto, vendemos uma origem, o consumidor está cada vez mais exigente e quer saber onde e como este produto foi preparado até chegar ao ponto de ser consumido”, explica Mateus Suassuna, da Empório e Restaurante República da Saúde, que está no mercado há dez anos, no Rio Grande do Sul.

Chocolate, castanha, farinha de mandioca, banana, bolo de rolo, queijo da canastra foram os produtos mais procurados pelos compradores presentes à Rodada. A gerente Comercial de Folhas, Legumes e Verduras da Rede Pão de Açúcar, Adriana Brunetti, participou de aproximadamente 20 reuniões. “Este contato com os produtores é fantástico, pois temos a preocupação de eliminar o intermediário e o Sebrae permite isso. O Pão de Açúcar foi pioneiro das grandes redes de supermercado na comercialização de produtos diferenciados como estes, pois percebemos que há nichos específicos que se interessam por este tipo de mercadoria e não sabem onde encontrar com segurança”, enfatizou.

Pequenos produtores

Pesquisa realizada pelo Sebrae mostra que quase 70% dos entrevistados compram produtos de pequenos produtores rurais. A entrevista contou com a participação de 1.133 pessoas pela internet neste mês de março. E a grande maioria (85%) compra diretamente dos produtores. “A participação de uma grande rede de supermercado como o Pão de Açúcar amplia a possibilidade desses produtores ter cada vez mais acesso ao mercado”, explica Anny Santos, do Sebrae.

Durante o Sirha foi lançado o movimento #EuApoioProdutoArtesanal, que tem como diretrizes a transparência dos procedimentos de regularização, a disponibilização de instrumentos norteadores do processo de regularização e a simplificação e padronização de procedimentos. A 3ª edição do Sirha, principal evento para profissionais de food service e hotelaria, termina hoje (16), no São Paulo Expo. Mais de 15 mil profissionais da gastronomia conheceram os produtos dos 63 produtores rurais presentes no espaço Terroir do evento.