NO BOCUSE D’OR, TIME DE OURO

07/08/2018 | Fonte: FELIPE CAMELO

Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.

Quem já morou fora do Brasil sabe o quanto a comida daqui faz falta. É claro que nossos amigos gringos também tem 1 culinária muito boa, e dependendo do canto do mundo de onde eles vem, a gente até se empanturra com frequência com as suas iguarias sem nem saber. Ainda assim, não importa, porque na hora agá a gente sente falta mesmo é de 1 belo cuscuz.

É, amigo, nós podemos estar longe de sermos os melhores do mundo no futebol (pelo menos atualmente) mas quando se fala em comida… aah, aí a gente bate 1 bolão. Por sorte já existe a “Copa do Mundo de Gastronomia”, e ela pode estar + próxima do que a gente imagina.

O nome da competição é Bocuse d’Or, e acontece a cada 2 anos em Lyon, na França, reunindo chefs do mundo todo. A próxima será em janeiro do ano que vem, e é óbvio que tem brasileiro na jogada. O cozinheiro de mão cheia que irá nos representar no exterior é Luiz Filipe Souza, do Restaurante Evvai, em São Paulo. Ele foi o grande vencedor da etapa nacional, realizada no ‘Sirha São Paulo’ em março do ano passado, e ficou em 4º lugar na disputa continental, se classificando, assim, pr’o Mundial.

Pra dar toda assistência necessária a Luiz, foi formado comitê de feras que irá prepará-lo tecnicamente pra esta empreitada. Na liderança, ninguém + ninguém – que Giovanna Grossi, alagoana que já foi vencedora do Bocuse d’Or, nacional e continental, e passará toda sua experiência pro novo campeão concorrente. O único problema disso tudo é que este time brasileiro não possui nenhum investimento do governo, o que torna toda a iniciativa muito + difícil de diversas maneiras.

A competição garante apenas a ida de Luiz, como competidor, e Giovanna, como presidente do comitê. Portanto, toda ajuda a +, por menor que seja, é bem vinda. Patrocínios estão sendo procurados e tem até 1 ‘vaquinha’ online no catarse.me/bocusedorbrasil, tudo pra que a culinária brasileira seja representada da melhor maneira possível lá fora.

Por sorte, o nosso cenário gastronômico é bem unido, e ninguém iria ficar de braços cruzados esperando acontecer. Não com tantos chefs dos + altos calibres de prontidão pra levantar essa grana pr’os colegas de profissão. Por isso, Brasil afora, grandes restaurantes estão promovendo o “Experiência Bocuse d’Or”, entre eles, o Olympe, no Rio de Janeiro; o Cozinha Roccia, de João Pessoa; o Hotel Grand Hyatt, em São Paulo; e, + 1 vez, o Akuaba, aqui mesmo em Maceió.

A iniciativa é do chef Jonatas Moreira com Wanderson Medeiros do buffet W Gourmet, que levarão pr’o restaurante da Jatiúca, 1 experiência gastronômica de altíssimo padrão. Acontecerá às 8 da noite da próxima 5ª-feira, dia 9, com a presença especial, na cozinha e na cena, de toda equipe brasileira do Bocuse d’Or: Guga Rocha, Renato Carioni, Vinícius Pires, Giovanna Grossi, e a estrela, o chef Luiz Filipe Souza com seleção especial de pratos utilizando produtos escolhidos a dedo e ingredientes da terra. A sobremesa ficará por conta de Sandy Farias.

É claro que 1 jantar desses, de nível internacional, não passará batido pr’os olhares e paladares + atentos, então é melhor correr e garantir sua reserva antes que se esgote, através do foodpass.com.br, ou do telefone 82 99997-7870.

É pra se deliciar e recordar!!!