COUPE DU MONDE DE LA PÂTISSERIE TEM SUA ETAPA BRASILEIRA NO SIRHA SÃO PAULO

13/03/2018

Confeiteiro dos presidentes franceses, Régis Ferey terá a cadeira de honra do júri. Rafael Barros, da Ópera Ganache, assume a presidência da disputa

Competição de chefs pâtissiers tem como tema a ‘Floresta Encantada’, com provas focadas em açúcar e chocolate

A Coupe du Monde de la Pâtisserie (CMP), grande competição de chefs pâtissiers do mundo, fará sua seletiva nacional no dia 15 de março no Sirha São Paulo. Quatro concorrentes vão disputar uma vaga na etapa continental do concurso, que ocorre em abril no México. E lá, podem conquistar um lugar no mundial de 2018, em Lyon. A CMP faz parte da programação do Sirha São Paulo – edição brasileira do maior evento de gastronomia e hotelaria do mundo, organizada pela GL events.

A cadeira de honra do júri será ocupada pelo francês Régis Ferey, considerado um dos maiores nomes da pâtisserie no mundo. Ferey já serviu Jacques Chirac, Nicolas Sarkozy e François Hollande, nos 14 anos em que foi chef pâtissier e boulanger do Palais de L’Élysée, a residência oficial do presidente da França. Mais uma novidade é a chegada do chef Rafael Barros na presidência da disputa. Prata da casa, começou como concorrente da CMP há dez anos e há sete participa do comitê de organização. “Estamos muito focados no preparo dos nossos competidores para a Copa Maya, que é a etapa continental no México. Teremos provas com o mesmo nível de exigência”, antecipa.

Este ano, o tema do concurso é “Floresta Encantada” e os competidores – dois para cada categoria – terão seis horas para completar provas com foco em açúcar ou chocolate. O júri dará a palavra final sobre quem será o vencedor de cada modalidade e irá prosseguir no concurso rumo ao México.

Este ano, o tema do concurso é “Floresta Encantada” e os competidores – dois para cada categoria – terão seis horas para completar provas com foco em açúcar ou chocolate. O júri dará a palavra final sobre quem será o vencedor de cada modalidade e irá prosseguir no concurso rumo ao México.

O Concurso

A Coupe du Monde de la Pâtisserie foi fundada em 1989 pelo chef pâtissier francês Gabriel Paillasson, durante uma edição do Sirha Lyon, e se consolidou como o principal evento de pâtisserie do mundo.

Os quatro concorrentes da seletiva brasileira são divididos em duas categorias: açúcar e chocolate. Na categoria açúcar, devem preparar duas entremets de sorvete, com presença obrigatória de frutas; e uma torta fictícia, de mesmo formato e definição da verdadeira, a ser integrada a uma escultura artística em açúcar. Já na categoria chocolate, serão dez sobremesas empratadas contendo chocolate e uma escultura artística integrada aos pratos. Os candidatos terão seis horas para completar seus trabalhos.

Um júri formado por seis conceituados chef pâtissiers avaliará as obras considerando critérios como originalidade, utilização de especialidades brasileiras, acabamento, técnica, higiene e limpeza.

Patrocinadores

A Bragard e a Harald Unique são patrocinadores Gold da Coupe du Monde de la Pâtisserie.

Comitê

Rafael Barros - Presidente do comitê
Proprietário da Opera Ganache – Alta Confeitaria, o chef Rafael Barros tem como objetivo diário a fomentação da cultura pâtisserie no Brasil e a formação de novos talentos. Além de colecionar prêmios, Rafael participou das edições de 2009, 2011 e 2013 compondo a equipe do Brasil na Coupe du Monde de la Pâtisserie, e como jurado no Mondial Des Arts Sucrés – Europain, na França. No ano passado, o chef estreou como apresentador do programa diário “Chefs em Ação”, do canal Sony.

Comitê: Phillipe Brye, Flavia Quaresma, Alexandre Augusto, Ramiro Bertassin, Tati Benazzi e Lu Neves são os chefs pâtissiers responsáveis pela busca por novos talentos do segmento da confeitaria.

Candidatos

LETICIA CRUZ
Competidora pela categoria chocolate

Formada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e em pastelero professional pelo Instituto Superior Mariano Moreno / Buenos Aires, a jovem carioca trabalha desde 2014 no Sofitel como chef de partida, já tendo passado pela Patisserie Douce France e Gastrô Espaço Gourmet, em São Paulo.

MARCONE CALAZANS

Competidor pela categoria açúcar

Profissional com mais de 15 anos de experiência, Marcone Calazans começa sua carreira trabalhando em grandes empresas do ramo alimentício e, em seguida, forma-se em sub-chef de cozinha e trabalha em restaurantes como Chef Du Jour, Terraço Itália e Empório Roma.
Em 2010 inicia suas participações em competições e garante o segundo lugar no campeonato nacional de sorvete. Em seguida, atua como chef de confeitaria do Club Athletico Paulistano e representa o Brasil na etapa do México da Coupe du Monde de la Pâtisserie, o qual é vencedor do prêmio de melhor escultura de açúcar.

SONIA TAKATA
Competidora pela categoria açúcar

Formada em Desenho Industrial e apaixonada pela gastronomia, direcionou-se à confeitaria artística onde teve a oportunidade de estudar e auxiliar Marcela Sanchez, renomada cake designer. Em busca de outros conhecimentos, cursou panificação no Japão e na Êcole Lênotre, na França. De volta ao Brasil, formou-se no curso de cozinheiro chef internacional e fez pós-graduação em metodologia no desenvolvimento de competências. Atualmente comanda a confeitaria e panificação do B hotel de Brasília durante o dia e ministra aulas de confeitaria à noite, no Senac DF.

NINA PICCINI
Competidora pela categoria chocolate

Formada em hotelaria, pós-graduada em gastronomia e especializada em criação de sobremesas para restaurantes pela escola ESPAISUCRE em Barcelona, onde ficou por 4 anos respirando e vivendo intensamente o mundo da gastronomia. Nesta trajetória, que já dura 15 anos, trabalhou ao lado de Jordi Butrón, Xano Saguer, Xavier Barriga e Jordi Roca. De volta ao Brasil fez parte da equipe de Alex Atala durante 1 ano. Em 2015 foi uma das vencedoras do programa “Que seja doce” do GNT. Hoje é Chef proprietária da “Casa Piccini” uma fábrica de sorvetes que atende restaurantes renomados na cidade São Paulo. Também presta consultorias na área de alimentos e bebidas. Sua maior paixão é CRIAR e sua meta de vida é despertar um olhar carinhoso pelas sobremesas de restaurantes e popularizar a confeitaria de alta qualidade no pais.

Júri

Régis Ferey – Presidente de Honra do Júri da Coupe du Monde de La Pâtisserie - O chef Régis Ferey é presidente de honra do júri. Ferray é ex-chef pâtissier e boulanger do Palais de L’Élysée, a residência oficial do presidente da França, famoso por produzir pães e doces com perfeição. Em 2013, recebeu o Meilleur Ouvrier de France (MOF), na categoria melhor chef boulanger da França e – graças ao título – ostenta a bandeira do país em seu dólmã.

Além de Régis Ferey, um júri de peso avaliará os candidatos: Lucas Corazza, Anna Paula Rezende, Amanda Selbach, Fábio Yamada, Lucas Liberatore, Cristina Bonadio e Edmara Ângelo.

Sobre o Sirha São Paulo

O Sirha (Salon international de la restauration, de l'hôtellerie et de l'alimentation), principal evento internacional para profissionais de foodservice e hotelaria chega a sua terceira edição brasileira. Será de 14 a 16 de março no São Paulo Expo com expectativa de reunir 15 mil visitantes durante os três dias, além de 250 expositores e marcas brasileiras e internacionais. O grande diferencial do Sirha é a programação tão diversificada que atrai profissionais do setor que querem ter acesso ao conteúdo, às inovações tecnológicas, concursos, aulas e degustações.

Uma das grandes inovações desta edição do Sirha é a apresentação de um Hotel Modelo, uma concepção pioneira desenvolvida em parceria pela Samba Hotéis,Eurobras e Pokt Design + Arquitetura. O projeto Samba in the Box levará ao público e aos possíveis investidores uma alternativa rápida e criativa para hospitalidade. Partiu-se do conceito que utiliza contêineres na produção de edificações residenciais, que vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil e no mundo. Considerando a ideia de que hotéis são casas de caráter temporário, o projeto tem a intenção também de criar ambientes em que os hóspedes possam se sentir confortáveis e seguros, como no interior de seus lares. Para isso, foram escolhidas definições claras e objetivas para os espaços de circulação e permanência, com materiais de acabamento clássico, como madeiras e carpetes, aliando-os à novidade das paredes e forro de materiais não convencionais.

O Sirha São Paulo, que tem patrocínio da Cielo e a Avianca como transportadora oficial, oferece uma grande quantidade de conteúdo relevante para seu público. Em parceria com a CNC (Confederação Nacional do Comércio e apoio da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação), o Seminário Senac de Gastronomia: Saberes & Sabores - a hotelaria põe a mesa acontecerá durante os 03 dias de evento. Referência em educação profissional para o Turismo e a Hospitalidade, o Senac reunirá durante o Sirha renomados profissionais da Gastronomia e Hotelaria para apresentar e debater as melhores soluções para incremento e valorização dos serviços de alimentação em hotéis, bares e restaurantes. A programação completa já está no site do evento!

Outra novidade é o Bar Sirha, um espaço inédito onde marcas nacionais e internacionais vão expor seus produtos de forma atraente, através da apresentação de conteúdos exclusivos em bebidas, palestras, demonstrações e harmonizações envolvendo temáticas de café, vinho, cerveja e mixologia. A ativação contará com a curadoria da Carolina Oda, professora e consultora para implantação de marcas e negócios, serviço de sala e de bebidas.

O Sirha conta ainda com o Terroir Brasileiro, uma oportunidade para pequenos produtores de diversos estados do Brasil mostrarem seus produtos aos chefs e compradores do mercado. Fruto de uma parceria estratégica com o Sebrae Nacional, o espaço ganhou destaque nas últimas edições, chegando a ir para Lyon em janeiro de 2017, na edição francesa do Sirha. Este ano serão 58 marcas expositoras de todo o país onde a aposta serão “ilhas” com queijos especiais, vinhos e cafés, além de produtos que apresentam um apelo gourmet e que são oriundos de localidades distintas do país, mas que retratam o jeito brasileiro de ser.

Patrocinadores

O Sebrae, a CNC, o Senac Nacional são os patrocinadores máster e a Cielo é patrocinadora Gold do Sirha São Paulo. A Avianca é a transportadora oficial do evento.

Sobre o Sirha Lyon

Em sua última edição, em janeiro de 2017, o Sirha Lyon bateu recordes. Em cinco dias, foram mais de 200 mil profissionais, entre eles 25 mil chefs de cozinhas, aumentando em 10% o público presente em relação a edição anterior. O evento contou com mais de 3 mil expositores franceses e internacionais, com o que há de mais inovador em maquinários e tendências para os próximos anos.

Sobre a GL events

A GL events é um dos maiores grupos do setor de eventos no mundo, com sede em Lyon e faturamento de 942 milhões de euros em 2015. A companhia está presente em 53 cidades espalhadas por 19 países, nos quais administra 40 espaços para eventos. Com 4250 colaboradores, o grupo já realizou mais de quatro mil eventos.

Com escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, a GL events administra um portfólio de 12 empresas e é o único grupo da América Latina a trabalhar em toda cadeia da produção de eventos: da concepção, administração de espaços, design, construção, fornecimento de estrutura, serviços de catering até hospedagem, organização de exibições e produção de brand events.