CONCURSO TALENTOS DO GELATO E HOMENAGENS A PAUL BOCUSE SÃO DESTAQUES DO PRIMEIRO DIA DO SIRHA SÃO PAULO

19/03/2018

Chefs, autoridades, estudantes e profissionais lotaram o pavilhão 4 do São Paulo Expo

Concorrentes prepararam gelatos de finger food salgados, além de cubas de sorvete e tortas geladas

O primeiro dia da segunda edição do Sirha São Paulo (14 de março), versão brasileira do maior evento de gastronomia hotelaria e foodservice do mundo, reuniu chefs, autoridades, estudantes e profissionais do segmento.

A abertura oficial do evento contou com a participação de Claude Troisgros, presidente do Sirha Rio; Marie-Odile Fondeur, diretora geral do evento; Damien Timperio, Diretor Geral da GL Events no Brasil; Vania Tavares, diretora geral da Fagga e Alexandre Sampaio, presidente da CNC.

Vânia Tavares, ao abrir o evento, destacou os desafios do mercado e as expectativas para a feira: “Chegamos em São Paulo para ficar, crescer e fazer a diferença neste mercado tão competitivo que existe na cidade”. Já Marie-Odile Fondeur salientou o aspecto inovador e pioneiro do Sirha e fez uma homenagem a Paul Bocuse, chef francês falecido em janeiro: “O Sirha possui um conceito único e estamos muito felizes por termos trazido tudo isso para o Brasil mais uma vez. Este ano é ainda mais especial, pois aqui nós também estamos homenageando o grande Paul Bocuse. Cada seletiva do Bocuse d’Or traz um pouco de seu legado através de cada um dos participantes do concurso, que aplicam o conhecimento deixado por ele na criação de seus pratos”.

Grandes nomes da gastronomia mundial também abrilhantaram a cerimônia. Os chefs Daniel Boulud e Regis Ferey, presidente de honra do júri do Bocuse d'Or Brasil e da etapa nacional da Coupe du Monde de la Pâtisserie, respectivamente, também estiveram presentes. “Agradeço muito pelo convite para ser presidente de honra do júri de um campeonato tão importante quanto o Bocuse d’Or, que coloca novos talentos da gastronomia no palco para testá-los e incentivá-los em seus trabalhos”, discursou Boulud. Já Regis Ferey afirmou sentir-se muito honrado em poder acompanhar o desenvolvimento da confeitaria no Brasil.

Claude Troisgros também agradeceu a presença de todos e disse estar orgulhoso em ser presidente do Sirha São Paulo: “Todos nós acreditamos no potencial do Brasil e por isso fico muito feliz em representar o país”, afirmou o chef, que também prestou sua homenagem a Paul Bocuse.

Após a abertura do evento, o Terroir Brasil desta edição foi inaugurado. O espaço é uma iniciativa do Sebrae que trouxe ao Sirha São Paulo mais de 60 pequenos produtores agrícolas brasileiros. Na ocasião, o movimento #EuApoioProdutoArtesanal foi lançado por Augusto Togni, gerente de agronegócios do Sebrae. “O pequeno produtor artesanal tem enfrentado dificuldades com uma legislação baseada na produção em escala industrial. Desejamos mudar essa realidade e, assim, sermos tratados de forma diferente”, defendeu Togni.

Na área dos concursos, o primeiro dia do Sirha São Paulo começou animado, com a disputa do torneio Talentos do Gelato, uma exclusividade da versão brasileira do evento. Com coordenação do mestre sorveteiro Frederico Samora, a disputa contou com três tipos de provas em que o gelato foi o ingrediente principal. “A cada edição do concurso, o nível dos candidatos é cada vez mais alto”, concluiu o chef Guga Rocha, que é mestre de cerimônias do Sirha no Brasil, diante dos trabalhos apresentados aos jurados.

As quatro duplas de gelatieres prepararam, ao vivo, durante cinco horas, cubas de sorvete e tortas geladas, além de uma entrada inusitada tratando-se de gelato: os finger food salgados. A dupla vencedora da noite foi a de Márcia Garbin e Augusto Melo, que apresentou o finger food de Ostras frescas de Santa Catarina com sorbetto de limão cravo e pimenta biquinho, além da cuba de gelato de batida de maracujá e cachaça orgânica com alga spirulina e a torta Pérola de chocolate branco e cupuaçu sobre areia de castanha do Pará. A dupla Chris Souza e Maria Bodstein faturou o quarto lugar, Flavio Augusto e Mailsom Rita o terceiro, enquanto Camila Valin e Luana Bettanin foram as vice-campeãs.

Outro destaque do primeiro dia de evento foram as palestras e seminários. O Lounge do Conhecimento apresentou o primeiro "Papo de Cozinha", com o jornalista Rafael Tonon falando sobre as tendências de consumo na cadeia de alimentos e bebidas. "A tendência é nos desprendermos de nomenclaturas e rótulos. É o momento de criar novos alimentos e bebidas", explicou Tonon. O espaço também recebeu, no quadro "Painel", dois especialistas para falar de aromas, sabores, origem e indicação geográfica. Já na programação do “Segundo Seminário Senac de Gastronomia Saberes e Sabores - A hotelaria põe mesa”, os temas debatidos foram relacionados à inovação em gastronomia.

Sobre o Sirha São Paulo

O Sirha (Salon international de la restauration, de l'hôtellerie et de l'alimentation), principal evento internacional para profissionais de foodservice e hotelaria chega a sua terceira edição brasileira. Seu grande diferencial é a programação tão diversificada que atraiu profissionais do setor que querem ter acesso ao conteúdo, às inovações tecnológicas, concursos, aulas e degustações.

Uma das grandes inovações desta edição do Sirha é a apresentação de um Hotel Modelo, uma concepção pioneira desenvolvida em parceria pela Samba Hotéis, Eurobras e Pokt Design + Arquitetura. O projeto Samba in the Box leva ao público e aos possíveis investidores uma alternativa rápida e criativa para hospitalidade. Partiu-se do conceito que utiliza contêineres na produção de edificações residenciais, que vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil e no mundo. Considerando a ideia de que hotéis são casas de caráter temporário, o projeto tem a intenção também de criar ambientes em que os hóspedes possam se sentir confortáveis e seguros, como no interior de seus lares. Para isso, foram escolhidas definições claras e objetivas para os espaços de circulação e permanência, com materiais de acabamento clássico, como madeiras e carpetes, aliando-os à novidade das paredes e forro de materiais não convencionais.

O Sirha São Paulo, que tem patrocínio da Cielo e a Avianca como transportadora oficial, oferece uma grande quantidade de conteúdo relevante para seu público. Em parceria com a CNC (Confederação Nacional do Comércio e apoio da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação), o Seminário Senac de Gastronomia: Saberes & Sabores - a hotelaria põe a mesa acontece durante os três dias de evento. Referência em educação profissional para o Turismo e a Hospitalidade, o Senac reúne durante o Sirha renomados profissionais da Gastronomia e Hotelaria para apresentar e debater as melhores soluções para incremento e valorização dos serviços de alimentação em hotéis, bares e restaurantes. A programação completa está no site do evento. Outra novidade é o Bar Sirha, um espaço inédito em que marcas nacionais e internacionais vão expor seus produtos de forma atraente, através da apresentação de conteúdos exclusivos em bebidas, palestras, demonstrações e harmonizações envolvendo temáticas de café, vinho, cerveja e mixologia. A ativação conta com a curadoria da Carolina Oda, professora e consultora para implantação de marcas e negócios, serviço de sala e de bebidas.

O Sirha conta ainda com o Terroir Brasileiro, uma oportunidade para pequenos produtores de diversos estados do Brasil mostrarem seus produtos aos chefs e compradores do mercado. Fruto de uma parceria estratégica com o Sebrae Nacional, o espaço ganhou destaque nas últimas edições, chegando a ir para Lyon em janeiro de 2017, na edição francesa do Sirha. Este ano são 58 marcas expositoras de todo o país, formando “ilhas” com queijos especiais, vinhos e cafés, além de produtos que apresentam um apelo gourmet e que são oriundos de localidades distintas, mas que retratam o jeito brasileiro de ser.

Patrocinadores

O Sebrae, a CNC, o Senac Nacional são os patrocinadores máster e a Cielo é patrocinadora Gold do Sirha São Paulo. A Avianca é a transportadora oficial do evento.

Sobre o Sirha Lyon

Em sua última edição, em janeiro de 2017, o Sirha Lyon bateu recordes. Em cinco dias, foram mais de 200 mil profissionais, entre eles 25 mil chefs de cozinhas, aumentando em 10% o público presente em relação a edição anterior. O evento contou com mais de 3 mil expositores franceses e internacionais, com o que há de mais inovador em maquinários e tendências para os próximos anos.

Sobre a GL events

A GL events é um dos maiores grupos do setor de eventos no mundo, com sede em Lyon e faturamento de 942 milhões de euros em 2015. A companhia está presente em 53 cidades espalhadas por 19 países, nos quais administra 40 espaços para eventos. Com 4250 colaboradores, o grupo já realizou mais de quatro mil eventos.

Com escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, a GL events administra um portfólio de 12 empresas e é o único grupo da América Latina a trabalhar em toda cadeia da produção de eventos: da concepção, administração de espaços, design, construção, fornecimento de estrutura, serviços de catering até hospedagem, organização de exibições e produção de brand events.